Chute 034 – Os urubus do Banco Mundial estão de volta, com Reginaldo Moraes

Nesta edição especial de Natal recebemos o professor Reginaldo Moraes (UNICAMP) que fala sobre as nem tão recentes recomendações do Banco (nem tão) Mundial para a economia brasileira. Entenda um pouco mais sobre a história do Banco, as raízes do fetiche do ajuste na periferia e a forma como os neoliberais pensam a Democracia. Aperte o play e chute a escada do Banco Mundial conosco! Afinal, os urubus do Banco Mundial estão de volta: e daí?

Venha fazer parte do grupo do Chutando a Escada no Telegram! É só entrar em t.me/chutandoaescada

Comentários, críticas, sugestões, indicações ou dúvidas existenciais, escreva pra gente em perguntas@chutandoaescada.com.br

Participaram desse podcast:

Filipe Mendonça – facebook.com/filipeamendonca
Geraldo Zahran – facebook.com/geraldo.zahran
Reginaldo Moraes – facebook.com/reginaldo.moraes.370

Livros e artigos citados neste episódio:

Relatório do Banco Mundial – Um ajuste justo: análise da eficiência e equidade do gasto público no Brasil

Relatório da Fundação Perseu Abramo, com a participação do Reginaldo Moraes – A Reforma Previdenciária Querida do Banco Mundial

Wolfgang Lenk e Filipe Mendonça – Quem liga para o Banco Mundial?

Reginaldo Moraes – Neoliberalismo – de onde vem, para onde vai?

Naomi Klein – A Doutrina do choque: a ascensão do capitalismo de desastre

Trilha sonora:

I Need a Pinochet – Autor desconhecido
Killer Mike – Reagan
Bach – Ich hatte viel Bekümmernis BWV 21 (Herreweghe)
F.M.I. – Portugal não te quero mais (paródia)
Racionais MCs – Racistas Otários
Chico Buarque – Vai Passar

Chute 030 – Regulação de Investimento a partir do Sul Global

Conversamos com a profa. Michelle Ratton Sanchez Badin (FGV-SP) sobre os acordos de regulação do investimento internacional, e as propostas e alternativas que surgem a partir de países do Sul Global. Existe um regime internacional de investimentos? Se sim, ou se aceitamos que sim, quais suas implicações? Qual o espaço que os estados possuem para legislar sobre saúde pública, políticas de desenvolvimento e outros temas em face dos interesses e proteções a investidores internacionais? Quais as alternativas? Vem com a gente, aperte o play e se prepare para uma discussão de alto nível!

O Chutando a Escada participa dos #16dias de #ativismonaweb pelo fim da #violênciacontramulher.

#violênciadegênero: informação é prevenção!

Participe da pesquisa do Olhares Podcast sobre violências de gênero na web.

Venha fazer parte do grupo do Chutando a Escada no Telegram! É só entrar em t.me/chutandoaescada

Comentários, críticas, sugestões, indicações ou dúvidas existenciais, escreva pra gente em perguntas@chutandoaescada.com.br

Participaram desse podcast:

Filipe Mendonça – facebook.com/filipeamendonca
Geraldo Zahran – facebook.com/geraldo.zahran
Michelle Ratton Sanchez Badin – facebook.com/michelle.sanchezbadin

Você pode encontrar o livro Reconceptualizing International Investment Law from the Global South aqui e também aqui.

A introdução, de Fabio Morosini e Michelle Ratton Sanches Badin, está disponível para download aqui.

Outras referências:

MDIC – Acordos de Cooperação e Facilitação de Investimentos (ACFI)

B.S. Chimni, “Third World Approaches to international Law: Manifesto”, International Community Law Review, Vol. 8. p. 3-27.

Fabio Morosini & Michelle Ratton Sanchez Badin (orgs.) A nova diplomacia econômica das relações Brasil-Angola: desvendando os seus instrumentos políticos, jurídicos e econômicos. Brasília: IBDC, 2017.

Ely Caetano Xavier Junior, Fabio Morosini & Michelle Ratton Sanchez Badin, Investment Regulation Between Brazil and Angola: Internal Factors, International Context and the Design of The Agreement for Cooperation and Facilitation of Investments (ACFI). Austral, Vol. 5, No. 9, 2016. p. 222-248.

Trilha sonora:

-Brazil Samba, Royalty Free Music from Bensound

-Heirloom, Basenjii
-Dawn, Basenji
-Speak with a Dolphin (Sable Remix), Basenji