Chute 039 – Matheus Hernandez fala de ONU e Direitos Humanos

Quem disse que não tem podcast no Carnaval? E o tema não podia ser melhor, com Matheus de Carvalho Hernandez (UFGD) dando uma aula sobre Direitos Humanos, Sistema ONU, e todos os meandros e disputas políticas envolvendo o tema. Matheus é especialista no ACNUDH, Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos, nos conta a história e os dilemas do órgão, assim como dos Direitos Humanos em tempos de Trump. Ouve lá, e boa Quarta-Feira de Cinzas!

Venha fazer parte do grupo do Chutando a Escada no Telegram! É só entrar em t.me/chutandoaescada

Comentários, críticas, sugestões, indicações ou dúvidas existenciais, escreva pra gente em perguntas@chutandoaescada.com.br

Participaram desse podcast:

Filipe Mendonça – facebook.com/filipeamendonca
Geraldo Zahran – facebook.com/geraldo.zahran
Mathes de Carvalho Hernandez – facebook.com/matheus.decarvalhohernandez

Citamos nesse episódio:

-Ponto G 48 – Bertha Lutz
http://www.mundofreak.com.br/2017/11/14/ponto-g-48-bertha-lutz/

-Chefe de Direitos Humanos da ONU prefere sair a ter que se calar, 15/01/2018, http://www.opeu.org.br/2018/01/17/chefe-de-direitos-humanos-da-onu-prefere-sair-ter-que-se-calar/

-José Murilo de Carvalho, Cidadania no Brasil (2014) – http://amzn.to/2BWNTz3
-Kathryn Sikkink, Evidence for Hope: Making Human Rights Work in the 21st Century (2017) – http://amzn.to/2CiukgB

Boas-vindas de Sergio aos novos trabalhadores da ONU (2002) – https://youtu.be/rcfiDcWr8IQ

Trilha sonora:

Paraíso do Tuiuti, Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?, Samba Enredo 2018
Chico Buarque, Vai Passar
Rodrigo Lemos, O Trenzinho do Caipira (Heitor Villa Lobos), Instrumental SESC Brasil
Toquino e Vinicius de Moraes, Marcha da Quarta Feira de Cinzas

Chute 021 – O Brasil e a missão de paz da ONU no Haiti (Minustah)

O Brasil encerrou oficialmente a presença na Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (Minustah), iniciada em 2004. Nesta edição, Eduarda Hamann (Instituto Igarapé) e Aureo Toledo (UFU) fazem um balanço sobre os 13 anos da missão. De um incipiente modelo brasileiro a chamada ‘virada local’ na literatura sobre operações de paz, podem esperar uma discussão de altíssimo nível sobre os impactos da Minustah no Haiti e para o Brasil.

O Chutando a Escada agora tem grupo no Telegram! Venha conversar com a gente em t.me/chutandoaescada

Comentários, críticas, sugestões, indicações ou dúvidas existenciais, escreva pra gente em perguntas@chutandoaescada.com.br

Participaram desse podcast:

Filipe Mendonça – facebook.com/filipeamendonca
Geraldo Zahran – facebook.com/geraldo.zahran
Eduarda Hamann – facebook.com/eduarda.hamann
Aureo Toledo – facebook.com/aureo.toledo

Artigos citados neste episódio:

HAMANN, E. P. “À Margem do Perigo: preparo de civis brasileiros para atuação em países instáveis“. Instituto Igarapé: Nota Estratégica 27, jun. 2017.

HAMANN, E. P. “O Brasil e as operações de manutenção da paz: a consolidação de um novo perfil?“. Cadernos Adenauer XVII, nº 4, 2016.

HAMANN, E. P. “A Força de uma Trajetória: o Brasil e as operações da ONU (1947-2015)“. Military Review jul-set 2016.

HAMANN, E. P. “O envolvimento de civis em contextos pós-conflito: oportunidade para a inserção internacional do Brasil“. In: Kenkel, K. M; Moraes, R. F. de. (orgs). O Brasil e as operações de paz em um mundo globalizado : entre a tradição e a inovação. Brasília: IPEA, 2012.

Trilha sonora:

– Brazil Samba, Royalty Free Music from Bensound
– Caetano Veloso, Haiti
– Randevou, Chanpet
– z Bono The Edge & Rihanna, Stranded (Haiti Mon A)
– SUPER ENSEMBLE WEBERT SICOT, BELLE MARTINIQUAISE -Année-1963
– Poze, Lakou Mizik
– Michael Brun X Lakou Mizik, Gaya (ft. J. Perry)
– Webert Sicot & son Ensemble, Port-Au-Princiennes