Em meio a pandemia de COVID-19, e a pandemia de estupidez do governo federal, conversamos com Caio Bugiato (UFRRJ) sobre Marxismo, Marxismo Cultural, neofacistas e blocos de poder na sociedade brasileira. Ouça aí e tente ajudar alguém a gente desenvolve consciência de classe. Quem sabe nossos empreendedores descobrem porque eles não estão do mesmo lado do Roberto Justus e do Velho da Havan!

Para apoiar o Chutando a Escada, acesse chutandoaescada.com.br/apoio

Comentários, críticas, sugestões, indicações ou dúvidas existenciais, escreva pra gente em perguntas@chutandoaescada.com.br

Participaram deste episódio:
Filipe Mendonça – twitter.com/filipeamendonca
Geraldo Zahran – twitter.com/gnz20
Débora Prado –  twitter.com/debfbp
Caio Bugiato – instagram.com/cbugiato

Alguns texto do Caio:

Visões de Marx sobre a política: uma introdução (2018)

Marx e Engels: política internacional e luta de classes (2018)

-Dossiê: Marxismo e Relações Internacionais (Estudos Internacionais, 2018)

Trilha sonora:
-Primavera Fascista – Bocaum, Leoni, Adikto, Axant, Mary Jane, Vk Mac & Dudu
-Lil Bolsobarbie, Pátria Armada Brasil
-Marcelo D2 & Gilberto Gil, Resistência Cultural
-Belchior, Sujeito de Sorte

4 comments on “Marxismo Cultural, com Caio Bugiato
  1. Marcus Prado disse:

    Saudações! Gostei muito do episódio. Acho que seria legal listar as indicações e links que o Caio comentou. Abraço!

    1. Geraldo Zahran disse:

      A gente deixou algumas indicações no post, Marcus.

      Você sentiu falta de alguma em especial? Podemos pegar com ele.

      1. Ana disse:

        Olá… Não ouvi o episódeo todo. Porque: vcs começam criticando o antagonismo com o governo e a extrema direita… E fazem o mesmo! Logo de início vem falar em estratégia de desmonte pelo olavo de carvalho chamando de marxismo cultural como um mito… Eu queria ouvir falar de gramsci e suas teorias… Não isso… Perda de tempo. Com todo o respeito, na época que eu estava na universidade isso era palpável… Agora parecem que querem emburrecer a esquerda pra perder tempo vendo um video do inominável do que lendo um livro marxista de verdade. Até a página do wikipédia está diferente… Eu não sei se devo gastar meu tempo mais com isso. Precisava botar pra fora

        1. Geraldo Zahran disse:

          Oi Ana, tudo bem?

          Obrigado por escrever e por botar pra fora. Entendo a frustração de ouvir sobre “marxismo cultural”, mas por mais que o termo seja uma bobagem conceitualmente, politicamente ele é um temro importante, infelizmente, e por isso começamos falando sobre isso.

          Se você ainda quiser nos dar um voto de confiança, ouça mais um pouco do episódio. Fazemos um discussão sobre imperialismo, o que autores chamam dos textos do jovem Marx, e outras coisas com mais sustentação acadêmica.

          Um grande abraço,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *