Numa aula com direito à interdisciplinaridade e interseccionalidade, a Maria Carolina Loureiro (PUC-SP) veio conversar conosco sobre as muitas camadas dos impactos da pandemia de Covid-19 num país tão marcado por desigualdades. Entenda um pouco mais sobre o histórico de atuação do Brasil em questões de saúde global, como as políticas de saúde estão ligadas a questões sociais mais amplas e estruturais, e como essa realidade foi ainda mais escancarada nos últimos dois anos.

Para apoiar o Chutando a Escada, acesse chutandoaescada.com.br/apoio

Comentários, críticas, sugestões, indicações ou dúvidas existenciais, escreva pra gente em perguntas@chutandoaescada.com.br

Participaram deste episódio:
Carolina Pavese – facebook.com/carol.pavese.7
Débora Prado – twitter.com/debfbp
Maria Carolina Loureiro – twitter.com/loureirocaroli

Citados no episódio:

Karen Costa, Priscila Francisco, Marilisa Barros – Conhecimento e utilização do Programa Farmácia Popular do Brasil: estudo de base populacional no município de Campinas-SP
Deborah Malta – Caminhos para termos brasileiros mais saudáveis em 2021
Martin McKee, David Stuckler, Marina Karanikolos, Paul Belcher – Austerity: a failed experiment on the people of Europe
Poder 360 – Negros foram mais prejudicados no mercado de trabalho na pandemia, diz IBGE
Folha de SP – Negros têm mais risco de morrer de Covid mesmo no topo da pirâmide social, diz estudo
Câmara dos deputados – Comissão aprova pensão especial para dependente de profissional da segurança morto por Covid-19
Oxfam Brasil – A Desigualdade Mata

Trilha sonora:

Arvo Part, Spiegel im Spiegel
Asa, Bibanke

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.